Em sintonia com o tempo!

28.07.2014

Tão variável quanto as situações que podem ser associadas ao tempo é a nossa percepção dele. O tempo se nutre de opostos: por um lado é palpável mais intangível, infinito mas cronometrável, abstrato e concreto. Mas, quem comanda todas essas vibrações? Cada um de nós. A percepção do tempo é pessoal e intransferível.

Podemos comanda-lo ou ser comandado por ele. É fácil observar que determinadas pessoas encontram tempo para tudo e outras passam o tempo correndo atrás dele e não conseguem aproveitá-lo. Administrar o tempo com planejamento e disciplina, estabelecendo prioridades, sem exigências de si mesmo em dar conta de tudo e de todos, é fundamental para uma vida feliz.

Untitled-2

Para viver bem é necessário achar o ponto de equilíbrio entre satisfazer as demandas externas, que obedecem um tempo cronológico e as necessidades que regulam o tempo interno, pessoal, emocional. É uma sintonia fina que depende da forma como estamos estabelecendo as prioridades frente as nossas vidas. É o que vai determinar vida intranquila, agitada e cansativa de uma vida harmoniosa, equilibrada e feliz. O desgaste cada vez maior em nossas vidas é consequência de falta de foco, de objetivos claros. Ocorre quando as pessoas perdem a conexão entre seus propósitos internos e suas ações passam a viver em função das demandas externas.

Agora você encontrará uma pequena lista de exemplos para a semana, harmonize-se com o tempo externo de tal modo que consiga um tempo interno para praticá-los.

Exercícios da Semana:

1) Ao acordar pela manhã, mantenha os olhos fechados, espreguice e alongue o corpo todo. Toque o rosto como que para despertá-lo e também o couro cabeludo. Focalize a região côncava da sua cabeça (quase no final da coluna), imagine aí uma esfera de luz, que penetra por dentro da cabeça e daí se espalha por todo seu corpo. Levante-se devagar.

2) Faça pequenas pausas durante o dia para respirar profundamente. Feche os olhos, observe sua respiração, procure respirar naturalmente mas sem fazer pausas. Esse exercício é de reconexão consigo mesmo.

3) Durante o dia procure lembrar-se de perguntar para si mesmo como está se sentindo, observe.

4) Faça conscientemente pelo menos uma pequena ação de presente para você no período da manhã e outra no período da tarde.

5) Antes de dormir revise como passou o dia, observe se você conseguiu um pouco mais de equilíbrio entre as demandas externas e as internas.

6) Se puder, faça um pequeno diário.

Lembre-se que a união da VONTADE VERDADEIRA COM A AÇÃO CONSCIENTE PRODUZ MILAGRES.

Conheça nossa Colaboradora:

Yara Neida Lorenzetti

Atua como psicoterapeuta e é diretora do Hari Om Saúde e Qualidade de Vida. Pratica meditação há vários anos. Faz pilates, treinamento funcional e dança do ventre.

Deixe seu comentário: