Entenda porque não o convidei para festa do meu filho…

15.02.2016

Olá pessoal, como estão?

Programar festas, seja de casamento, eventos ou aniversários não é uma tarefa fácil.

A definição da lista de convidados é um assunto extremamente delicado e normalmente gera polêmicas. Eu vivi e ainda passo por essas situações em vários segmentos da minha vida, incluindo na área corporativa, quando programamos eventos .

Então quando recebi esse texto me identifiquei na hora, e quis compartilhar com vocês, de forma que possa ajudá-las a se sentirem mais aliviadas e libertas da culpa (olha ela de novo), quando o assunto é seu filhote.  O fato é, lógico que temos vontade de convidar o mundo inteiro, mas infelizmente para uma grande parte da população isso não é possível.

Então vamos lá, ao texto “mega inspirador” e libertador (hahahaha)

2-2-g-12-polegada-Festa-Aniversario-balões-de-Festa-de-aniversário-balão-decorações-de-ar

“A festa é do seu filho (a) e não sua! Os convidados priorizados, devem ser os amigos dele(a) e não os seus.
Claro que é ótimo reunir o máximo de pessoas possíveis para comemorar algo tão especial, mas devido aos custos, algumas vezes temos que limitar o número de pessoas.
Segue aqui 10 motivos para deixar algumas pessoas fora da lista, sem peso na consciência:

1- Você frequenta minha casa? Liga para saber das crianças? Se preocupa em saber se estão bem? Oferece ajuda (mesmo que eu não aceite) para alguma dificuldade que me vê com eles? Lembra dos nomes dos meus filhos? Sabe qual é a idade de cada um? Me ajudou quando ele estava doente? Faz menos de 6 meses que não nos vemos? Se você respondeu não para a maioria dessas perguntas, significa que estamos ligados apenas socialmente. Você não é uma pessoa próxima.

2- Você se lembra de convidar meus filhos quando faz festa para os seus filhos?

3- Nós somos apenas colegas de trabalho e nunca fizemos nada fora dele.

4- Somos (ou fomos) vizinhos, mas não amigos. Somos colegas.

5- Quando o buffet é fechado para um determinado número de pessoas, você deve escolher as mais próximas e mais importantes, para o aniversariante e não para você. A festa não é sua! É da criança!

6- Seu filho estuda na mesma sala que o meu, mas eles não têm afinidade. A festa do meu filho foi preparada com carinho, para deixá-lo feliz e não chateado. Por isso, não convidaremos quem o magoa.

7- O valor que será economizado, não convidando pessoas que não são próximas, pode ser investido em alguma atração extra para a festa!

8- Uma festa envolve muita coisa além de comida e bebida. Se você se planejou com lembrancinhas, etc, para um determinado número de convidados, é muito chato quando alguém não comparece (e tudo sobra em excesso) ou mais chato ainda quando uma pessoa que você convidou, aparece na festa com outras 15 pessoas que você nunca viu na vida e tudo falta! Evite convidar essas pessoas.

9- Você sempre chama, a pessoa sempre confirma presença e nunca vai… Isso também é bem chato.

10- Se eu não te convidei, não significa que eu não gosto de você. Só significa que naquela ocasião, por algum motivo não deu para te convidar. E isso não é um problema. Ninguém convida todo mundo pra tudo, certo?
Já pensou se você tivesse que convidar todos os amigos e conhecidos, todos os dias para tomar café da manhã, almoçar e jantar com você?

Enfim, as pessoas devem entender que você vai sim comemorar o aniversário do seu filho e quem gosta mesmo de você, será maduro para saber que dessa vez não deu pra você convidar e ficará feliz por saber que você teve um dia feliz também!”

Autor desconhecido (se souberem o autor, nos informem que faremos a correção adequada.

Importante ressaltar que no meu caso, pelo menos a seleção jamais foi feita por quem “tem ou não filhos”, ate porque demorei anos para decidir ser mãe e nem por isso fui excluída das festinhas dos filhos dos meus amigos.

E detalhe, adorava receber lembrancinha mesmo que fosse aquele imã fofo , balinhas ou docinhos…qualquer coisa! Então sempre penso nas famílias sem crianças também. Afinal quem não gosta de um agrado, um mimo?

E o que não quer dizer que não possamos convidar em outras oportunidades ou festinhas…

Gostaram? Contem seus perrengues para gente também… Bjs e boa semana!

Por: Flavia S França

Comentários

  1. 22 out2016

    É desse jeito mesmo. No meu casamento não tive receio cortei varias pessoas ate da família, agora com meu filho estou sendo ainda mais seletiva, ajudavam minha barriga e diziam ansiosos pra conhecer e hoje preparo a festa de 3 anos e até Hj ninguém.veio visitar. Isso q acontece. Adorei o post.

    Responder

Deixe seu comentário: